“Kabila e Tshisekedi têm interesse em se reunir para preparar a transferência pacífica e civilizada de poder”

O secretário-geral da UDPS (União para a Democracia e Progresso Social), Jean Marc Kabund afirmou esta Terça-feira, 8 de Janeiro, o “interesse” de uma reunião entre Kabila e Tshisekedi na véspera da entrega do poder

‘Quanto aos rumores de uma aliança entre o actual presidente Joseph Kabila e o potencial candidato vencedor das eleições de 30 de Dezembro de 2018, neste caso, o Sr. Felix Tshilombo Tshisekedi, a UDPS gostaria de observar que ele está numa lógica de reconciliação nacional e se opõe a essa política de acerto de contas e caça ao homem.

De qualquer forma, as duas personalidades têm interesse em se reunir para preparar a transferência pacífica e civilizada do poder “, disse Kabund durante uma conferência de imprensa na sede da UDPS em Limete. Em entrevista ao jornal belga Le Soir a 5 de Janeiro, Felix Tshisekedi assegurou que Joseph Kabila permanecerá no país e que não haverá caça às bruxas. “Ele não estará envolvido em caça às bruxas, devemos evitar o ajuste de contas.

Quando nos encontramos num Estado de Direito, vamos precisar de todos. É preciso que não haja frustrações … Você sabe, as dissensões entre congoleses não são insuperáveis. Será necessário perdoar, traçar um risco no passado. O novo líder do país terá que reunir todos e construir o Congo de amanhã. É hora de dar esperança a uma juventude que deve ser enquadrada, para se beneficiar das riquezas do seu país “, disse ele.

error: Content is protected !!