Editorial: PR defende o único caminho

O Presidente João Lourenço defende a industrialização de África. Faz bem, não há alternativas para o desenvolvimento. É o único caminho possível, por reapresentar empregos, consumo, produção, melhoria da condição de vida dos cidadãos e, também, a fixação das pessoas. Mas esta ideia é igualmente exigente, requer energia, livre iniciativa, democracia, vias de comunicação e transportes eficientes, políticas amigas do investimento e mão-de-obra qualificada, bem treinada, inclusiva e bem paga também. Se África aceitar o sonho e o desafio das exigências, então será possível.