Mulher mata neta e esquarteja corpo

Uma mulher, de 60 anos, foi detida pela Polícia Nacional por suspeita de ter morto a neta de seis anos, na Segunda-feira, e ter retalhado o corpo, no distrito do Hoji ya Henda, município do Cazenga, em Luanda.

O corpo da criança foi esquartejado em três partes, segundo odirector do gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da delegação provincial do Ministério do Interior (Minint), intendente Mateus Rodrigues. De acordo com Mateus Rodrigues, a mulher foi detida quando tentava depositar os pedaços do corpo em um contentor de lixo, nos arredores da residência onde morava com a neta. “ Ao tentar depositar o corpo no contentor, escondido em um saco de serapilheira de 50 quilogramas, a mulher não conseguiu levantar a carga e pediu ajuda a um homem que passava na altura.

Este, apercebendo- se da banheira ensanguentada onde tinha retirado o saco, alertou as autoridades policiais mais próximas, que revistaram a residência da mulher e detectaram indícios do facto”, explicou à Angop. Especula-se que o crime tenha sido cometido para a prática de rituais de feitiçaria ou por orientação de alguma seita religiosa, pelo facto de não terem sido encontrados alguns órgãos internos da vítima.

Entretanto, o Comando Provincial da Polícia Nacional deteve no fim-de-semana 139 cidadãos suspeitos de terem cometido diversos crimes em Luanda, apreendeu 10 armas automáticas, oito viaturas e 21 motorizadas de diversos modelos. Com uma população estimada em mais de seis milhões de habitantes fazem parte da capital angolana, os municípios de Luanda, Cazenga, Cacuaco, Viana, Belas, Kilamba Kiaxi, Talatona, Icolo e Bengo e Quiçama.

error: Content is protected !!