Tailândia expulsa acompanhante de luxo que diz ter provas da influência russa nas eleições dos EUA

Tailândia expulsa acompanhante de luxo que diz ter provas da influência russa nas eleições dos EUA

Anastasia Vashukévich, modelo e acompanhante de luxo, esteve presa durante quase um ano na Tailândia por ter prestado e organizado “serviços sexuais“, mas nunca confessou o crime. Esta Terça-feira deu-se como culpada, ao mesmo tempo que disse ter provas . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta