MPLA consternado com a morte do Rei Mwatxissengue Wa Tembo

O Secretariado do Bureau Político do MPLA manifestou- se consternado com a morte do Rei do Povo Lunda-Tchôkwe, Mwene Mwatxissengue Wa Tembo, corrido nesta Quarta-feira, 16, em Saurimo, capital da Lunda- Sul, por doença.

Em comunicado enviado a OPAÍS, o MPLA recorda a figura deste soberano como uma autoridade influente do poder tradicional angolano, que “soube preservar, vivificar e valorizar os hábitos, costumes e a cultura do povo lunda- tchókwe”, na região Leste de Angola, com especial incidência nas zonas rurais.

O comunicado acrescenta que O MPLA está convicto de que, com a sua morte, aos 85 anos de idade, Angola perde um dos principais veículos de transmissão de hábitos, de costumes, da tradição e da história dessa parte do território nacional, onde exerceu um papel preponderante na mediação de conflitos e na resolução dos problemas sociais das suas comunidades.

“Neste momento de dor e de luto, o Secretariado do Bureau Político do MPLA inclina-se perante a memória do Rei EI Muene Mwatxissengue Wa Tembo e, em nome dos militantes, simpatizantes e amigos do Partido, endereça à família enlutada e ao Reino da Lunda as suas mais sentidas condolências”.

error: Content is protected !!