Manifestação de moradores de tendas em frente à Administração de Viana

Um grupo de pelo menos três dezenas de ex-moradores da Ilha de Luanda, alojados e residentes há 10 anos nas tendas do Zango I, município de Viana, viu-se obrigado a manifestar-se, ontem, em frente à Administração municipal, por estarem “cansados de viver em tendas”

A manifestação, que criou dificuldades no trânsito da Vila de Viana, surgiu pelo facto de estes cidadãos acharem ser a altura certa para exigirem as residências, que na altura em que foram alojados no Zango I lhes foram prometidas. Tudo, para eles, não passou de promessas “vãs”. Os munícipes vivem nas tendas do Zango I desde 2009, altura que saíram da Ilha de Luanda devido às condições menos dignas das casas, das constantes calemas e do processo de requalificação da zona.

Quando pensavam que a vida iria melhorar, como disse Manuel João, piorou, com o agravante das doenças a que têm estado propensos por residirem em tendas. Com cartazes com dizeres “queremos as nossas casas, dez anos é muito”, bem como “estamos a ser enganados este tempo todo”, os cidadãos estão dispostos a concentrar- se todos os dias em frente à Administração de Viana até que a situação da habitação seja resolvida. As condições de habitabilidade não são das melhores no Zango I, pelo que reclamam contra a ausência de saneamento básico, contra o lixo, os constantes assaltos que sofrem, bem como contra as mortes por doença.

“Estamos cansados de viver como se fossemos cães, completamente abandalhados. Pedimos que o administrador nos dê alguma resposta”, exigem. Entretanto, enquanto durava a manifestação, o administrador de Viana reunia-se com os responsáveis dos sectores para dar resposta a esta situação. O responsável de Viana poderá pronunciar- se sobre este assunto. Enquanto não o faz, os moradores prometem continuar a reivindicar pelas suas casas.

O Pais

Deve ver notícias

error: Content is protected !!