Zamalek do Egipto no grupo do Petro de Luanda

O representante angolano está na série D e disputa a primeira jornada com o NA Hussein da Argélia no dia 3 de Fevereiro

O Petro de Luanda vai disputar, a partir do próximo mês, a Taça da Confederação no grupo D com o Gor Mahia FC do Quénia, NA Hussein Dey da Argélia e o Zamalek do Egipto. De acordo com o sorteio realizado ontem na sede da Confederação Africana de Futebol (CAF), no Cairo (Egipto), o representante angolano bate-se fora de Luanda no dia 3 de Fevereiro com o adversário argelino. No campeonato argelino, o NA Hussein Dey está na oitava posição com vinte e três pontos em dezasseis jogos disputados. Na terra dos Faraós, o Zamalek lidera a prova nacional com quarenta e um pontos em dezasseis jornadas.

Como é evidente, o emblema egípcio será a maior dor de cabeça para os tricolores na primeira e na segunda volta da Taça da Confederação. Por isso, o técnico do Petro, Beto Bianchi, na foto abaixo, admite que vai preparar uma equipa coesa para esta prova do desporto-rei, considera que os adversários são fortes, no entanto estarão atentos à sua evolução na prova. “Vamos trabalhar para ter uma equipa à altura dos desafios na Taça da Confederação”, assegura o treinador do Petro. Por sua vez, o Gor Mahia do Quénia ocupa a sexta posição com treze pontos no seu campeonato.

Os quenianos também estão na prova para surpreender os crónicos candidatos à passagem à fase seguinte. Deste modo, é imperioso não subestimar o adversário, uma vez que o futebol queniano vai dando um ar da sua graça no continente. No grupo da formação do Catetão, os clubes do Magrebe são a maioria e a história revela que são matreiros. Deste modo, o representante angolano tem a obrigação de estar mais atento para não perder pontos à toa. No Girabola Zap, o Petro de Luanda está na sexta posição com dezoito pontos em nove jornadas disputadas.

error: Content is protected !!