Tricolores e católicos fecham 13ª ronda do Campeonato

O Petro de Luanda e o Santa Rita de Cássia do Uíge discutem hoje os três pontos do Campeonato Nacional, no 11 de Novembro, às 16:00

POR: Kiameso Pedro

O Petro de Luanda e o Santa Rita de Cássia do Uíge, que vêm de resultados diferentes, jogam esta tarde no Estádio 11 de Novembro, às 16:00. No desafio, que encerra a décima terceira jornada do Girabola Zap, os tricolores empataram sem golos com o ASA na ronda anterior. Por sua vez, os católicos das terras do café surpreenderam o Recreativo do Libolo do Cuanza-Sul, vencendo por uma bola a zero. À partida, os visitantes, às ordens do técnico Paulo Saraiva, estão motivados, mas isso não os coloca na condição de favoritos fora de casa. Sem mais delongas, a equipa do Catetão é candidata à conquista dos três pontos, mas deve provar em campo.

O Petro, dentro das quatro linhas, tem noventa minutos para ultrapassar o nulo da jornada anterior. Aliás, o adversário fora de portas tem sido um alvo difícil a abater, porque encara os jogos como autênticas finais. Os tricolores vão discutir os três pontos com muita garra e determinação no tapete verde do 11 de Novembro. Se se confirmar a vitória no seu reduto, chegam aos vinte e um pontos e ocupam ao mesmo tempo a terceira posição. Deste modo, vão pressionar os dois primeiros na tabela classificativa, ou seja, o Desportivo da Huíla (25 pontos) e o 1º de Agosto (segundo com 24 pontos.

De notar que, por força da sua presença na Taça Nelson Mandela, o emblema do Catetão tem três jogos em atraso no Campeonato Nacional. Assim, vai discutir os nove pontos com o Sagrada Esperança da Lunda-Norte na sexta ronda, com o 1º de Agosto na oitava e com Desportivo da Huíla na décima primeira. De relembrar que tricolores e católicos defrontam-se pela terceira vez, mas os vice-campeões do Girabola Zap 2018, sempre levaram a melhor. Em 2017, ano em que a formação do Uíge estreou-se na competição, o Petro Atlético venceu por (4-2 e 1-0).

error: Content is protected !!