MININT forma 300 oficiais superiores para “combater abuso de poder” dos efectivos

Pretende-se com a formação melhorar a qualidade da actuação da polícia, bem como a relação com a população

Cerca de 300 oficiais superiores da Polícia Nacional serão capacitados em matéria de actuação policial, afirmou, ontem, em Luanda, o director de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério do Interior (MININT), Subcomissário Waldemar José.

Em depoimento a OPAÍS, o responsável salientou que o seminário começa hoje, na sede da instituição, a luz do tema “Princípios e Procedimentos Legais para Actuação Policial” e visa capacitar os efectivos, nomeadamente comandantes municipais, distritais e outras patentes, de ferramentas que os permitirão exercer a actividade de combate à criminalidade sem, no entanto, cometerem atropelos à lei, violando os direitos dos cidadãos com o uso de abuso de autoridade.

“O Encontro vai permitir que se diminua os problemas que se têm vindo a registar no desenvolvimento da actividade policial, bem como melhorar a relação entre os efectivos e a própria população”, sublinhou.

Sobre o assunto, imao porta realçar que frequentemente a Polícia Nacional tem sido alvo de críticas, sobretudo nas redes sociais, devido aos vídeos partilhados por internautas em que estes servidores públicos actuam com violência considerada como “inadequada” ou excessiva. Com duração apenas de um dia, a capacitação será prestigiada pelo titular da pasta, Ângelo de Barros Veiga Tavares, bem como os membros do Conselho Consultivo do órgão que dirige.

O Ministério do Interior é o órgão da Administração Central do Estado ao qual compete promover a ordem e segurança interna, controlo da entrada, permanência, residência e saída de estrangeiros, bem como a execução das medidas privativas da liberdade e garantia do exercício dos direitos e liberdades fundamentais dos cidadãos.

error: Content is protected !!