Progresso atrasa Libolo na abertura da 14ª jornada

Os sambilas venceram ontem os libolenses por uma bola a zero no Estádio dos Coqueiros. o único golo da partida foi marcado por Chilo aos 89 minutos

O Progresso do Sambizanga atrasou ontem a marcha do Recreativo do Libolo do Cuanza-Sul na tabela classificativa do Girabola Zap. Na abertura da décima quarta jornada, os sambilas que ascenderam à quarta posição com 21 pontos, venceram o emblema da vila de Calulo, décimo com 14 respectivamente, por 1-0. O único golo da partida foi marcado por Chiló aos oitenta e nove minutos, batendo os defensores libolenses. No Estádio dos Coqueiros, o clube de Luanda, cidade que ontem completou 443 anos da sua fundação, foi superior em vários domínios. Apesar das dificuldades financeiras por que atravessa, os atletas sambilas continuam focados no objectivo, pontuar em todas as jornadas. Por esta razão, colocaram os libolenses de sentido na primeira parte com jogadas devidamente ensaiadas.

As duas equipas foram para os balneários sem qualquer alteração no placar, uma vez os sambilas pecavam na finalização. No reatamento da partida, os donos de casa continuaram a mandar na partida, mas as dificuldades eram as mesmas, a falta de de golos. No banco dos libolenses, o técnico André Maknga queria chegar mais cedo ao golo, mas Hélder Teixeira, pelos sambilas, foi mais atento. Fechou as linhas de passe do adversário e este por sua vez não passava da linha do meio campo sempre que tivesse a posse de bola. Assim, o progresso recuperou, subiu ao terreno dos libolenses e conseguia jogar à vontade até o árbitro dar por terminada a partida.

A voz dos técnicos

O treinador do Progresso, Hélder Teixeira, disse que foi uma partida difícil, mas o importante foi pontuar. Por sua vez, André Makanga referiu que fez saber que vão continuar a trabalhar para regressar às vitórias no Campeonato Nacional.