EDITORIAL: A “velha” produção nacional

O governo começa hoje um exercício interessante, o da promoção de um ciclo de palestras sobre a produção nacional, sobretudo aquela que pode alavancar as exportações e estancar as importações.

Não é coisa absolutamente nova, tal como não é nova esta preocupação. Esperemos para ver se surgem novidades, sobretudo nas medidas a adoptar, que também não serão como a invenção da roda, seguramente.

Contudo, há que prestar-se atenção a factores que não dependem que não dependem das palestras: a oferta concorrente e a inclinação dos mercados para os nossos produtos. E também, claro, o processamento industrial.

error: Content is protected !!