Executivo reitera compromisso de apoio às famílias

A ministra da Acção Social, Família e Promoção da mulher afirmou ser a principal preocupação do Executivo Angolano garantir o bem-estar da população, através dos parâmetros que estabelece a lei e a sua responsabilidade social, criando medidas de políticas e serviços que propiciem uma vida saudável a todas as famílias

Faustina de Almeida Alves falava na cerimónia do centenário do Ministério do Lar e Família, promovido pela conferência geral dos adventistas do sétimo dia, que aconteceu no Centro de Conferências de Belas no último Sábado.

De acordo com a responsável, a família, os seus membros e em particular os pais, devem assumir a sua responsabilidade individual e colectiva para que possam transmitir valores e princípios aos filhos, garantindo o exercício do diálogo, amor, perdão, tolerância, paciência e outros valores morais, éticos e culturais que suportam e dão a estabilidade e a coesão necessária para uma convivência salutar.

A ministra admitiu que cada ser humano tem a sua própria identidade, por isso apelou aos casais presentes na actividade a adopção da inter-ajuda, da compreensão e o apoio mútuo, “pois há uma força que nos une que é o amor”, referiu. Resgate dos valores morais Faustina de Almeida Alves explicou, na ocasião, que o primeiro ciclo de vida da criança é fundamental para que uma sociedade tenha no futuro adultos com comportamentos e atitudes saudáveis, que contribuam efectivamente para o equilíbrio e harmonia familiar e social.

Neste âmbito, referiu haver necessidade de se promover campanhas de sensibilização e de educação para a cidadania. “Vamos trabalhar mais com as famílias, para que possamos devolver aqueles valores que hoje estão em crise.

Preocupado com esta situação, o Executivo Angolano, e em particular o Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, conta com a parceria das instituições religiosas no quadro da implementação do Programa de Valorização das Famílias e das Competências Familiares”, afirmou. Apelou aos novos casais para que elaborem planos sociais, económicos e humanos partilhados e consensuais.

O evento juntou em Luanda mais de três mil fiéis dos adventistas do sétimo dia de todo o país e convidados dos Estados Unidos da América e da divisão da África Austral e Oceano Índico.

error: Content is protected !!