Editorial: O povo tem mesmo razão

A Polícia Nacional confirmou ontem a detenção de um oficial das suas fileiras, no Cazenga (Luanda), por crime de corrupção. Até aqui não é novidade, outros já tiveram o mesmo destino. Mas este tem a ver com a soltura de pessoas perigosas detidas. Há muito que se ouve do povo a reclamação sobre bandidos que vão fazer turismo nas esquadras e que soltos a troco de algum dinheiro. Isto acontece no país inteiro. Há até casos de denúncias sobre solturas em troca de favores sexuais por parte de familiares de criminosos. Nem aos polícias, nem aos familiares que pagam importa a vida de terceiros, são todos criminosos servidos pelo sangue que os bandidos fazem jorrar.