Moça de 18 anos violada por três homens

O comando da Polícia do Lubango, na Huíla, registou no seu relatório do fi m-de-semana o caso de uma jovem de 18 anos que foi abusada sexualmente por três cidadãos quando regressava de uma festa

Segundo o balanço a que o OPAÍS teve acesso, apresentado pelo porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, inspector-chefe Luís Filipe Zilungo, a jovem de 18 anos, que neste momento se encontra a receber cuidados intensivos da equipa médica da Maternidade de Lubango, foi surpreendida por um grupo de três homens, por volta das 23 horas de Sábado, quando regressava de uma festa, no bairro Lucrécia.

O crime aconteceu no município do Lubango e teve recurso a arma branca (faca). Os meliantes, ao aperceberem-se que a vítima vinha sozinha, ameaçaram- na com a referida arma, arrastaram- na para um lugar ermo e abusaram da sua pessoa. A gravidade do abuso foi tanta que a vítima teve de ser assistida no hospital mais próximo. A Polícia envida esforços no sentido de localizar os marginais que se encontram em fuga. Consta ainda no balanço da Polícia da Huíla o registo de um total de 85 crimes, tendo sido esclarecido boa parte destes (na ordem dos 70%).

Dentre os crimes registados, 80 chegaram ao conhecimento dos órgãos do MININT/Huíla por intermédio de queixa ou denuncias da população, e 38 resultaram da convivência entre pessoas conhecidas da vítima. Foram apreendidas 4 armas de fogo, sendo três do tipo AKM e uma pistola; 26 munições e um carregador, oito motorizadas, 7.660 gramas de cannabis, 90kg de cascalho de ouro, 16 telemóveis e 161 maços de cigarro e 17 câmaras fotográfica. Ainda na actividade de enfrentamento, a Polícia recuperou duas viaturas Toyota modelo Dina, um Hyundai, duas motorizadas e 24 cabeças de gado bovino.

error: Content is protected !!