Libolo aspira entrar de pedra e cal na 2ª volta

POR: Kiameso Pedro

O Recreativo do Libolo do Cuanza-Sul, formação sob a orientação interina de Mário Olegário “Ginga”, vai indiscutivelmente lutar na segunda volta do Girabola Zap, para deixar a zona de despromoção, posição em que figura com apenas 17 pontos, deu ontem a conhecer André Macanga, membro da equipa técnica libolense.

De acordo com os dados a que O PAÍS teve acesso, André Macanga, antigo atleta com passagem digna de realce pela Selecção Nacional de futebol de honras, disse que o Recreativo do Libolo, tetra-campeão nacional, é um clube histórico, sendo que não deve estar na posição em que se encontra actualmente.

Para o efeito, disse André Macanga, o Recreativo do Libolo continuará a trabalhar arduamente para uma melhor participação nesta segunda volta do Campeonato Nacional, prova que se avizinha. “Agora é continuar a trabalhar com bastante dedicação. Reconhecemos que esta caminhada será difícil. Mas com a nossa metodologia de trabalho, temos a certeza de que iremos sair da zona de descida, sem perder de vista os lugares cimeiros, objectivo que auguramos atingir desde o início da maior festa do futebol nacional.

error: Content is protected !!