Ricardo Job e Buá em dúvida para o clássico de Sábado

POR: Kiameso Pedro

O departamento clínico do Petro de Luanda, encabeçada por Nelson Bolivar, deu a conhecer ontem à imprensa que Ricardo Job, capitão dos petrolíferos não estará apto para as opções do técnico hispano-brasileiro Beto Bianchi, tendo em vista o desafio de amanhã frente ao 1º de Agosto, líder do Girabola Zap com 30 pontos. “Os exames foram feitos mas o jogador continua a ressentir de algumas dores, sobretudo nas costas, por isso ainda não podemos submetê-lo a uma grande pressão física nos treinos.

A última avaliação para sabermos se Job vai ou não constar do 11 inicial de Beto Bianchi, será anunciada antes de amanhã”, avançou Nelson Bolivar, médico da equipa do Petro de Luanda. Ricardo Job, um dos principais jogadores da turma tricolor com maior capacidade de desiquilibrio no último terço dos adversários, contraiu esta lesão no desafio diante do Progresso do Sambizanga, desafio em que os petrolíferos triufaram pela margem exorbitante de três bolas sem resposta, valendo o “hat-trick” do brasileiro Tony. Nas hostes do 1º de Agosto, se não recuperar o mais breve possível, Buá, médio identificado por ser criativo, pode ser baixa para as opções do bósnio Dragan Jovic, porque tem-se queixado de dores no joelho esquerdo.

Ibukum é baixa confirmada

O nigeriano, que foi importantíssimo na caminhada do 1º de Agosto rumo às meias-finais da Liga dos Campeões da CAF, falha este desafio devido a problemas de saúde. Hoje, no Campo Osvaldo Saturnino de “Jesus” e António dos Santos França “Ndalu”, respectivamente, as formações do Petro de Luanda e do 1º de Agosto realizam o último treino para o clássico de Sábado e no final da sessão, ambos os técnicos fazem a antevisão da partida.

error: Content is protected !!