Desporto-rei associado à UNICEF

O clássico entre 1º de Agosto e Petro de Luanda, ontem no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, em partida de acerto da 8ª jornada do Girabola Zap, Campeonato Nacional, marcou o início da campanha relacionada com o registo de crianças denominada “Paternidade Responsável – Eu Apoio”.

Promovida pela UNICEF, em colaboração com os Ministérios da Juventude e Desportos e o da Justiça e Direitos Humanos, os capitães de ambas equipas, Dani Massunguna e Job disseram à imprensa “registe já a sua criança – elas têm direito à paternidade”, perante um estádio com mais de 35 mil espectadores.

Na ocasião, o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, afi rmou ser importante o desenvolvimento da campanha aliada aos desportistas, maioritariamente jovens, faixa etária sobre a qual incide com mais intensidade tal problemática. Em Angola o Ministério da Família e Promoção da Mulher adoptou uma política que combate a fuga à paternidade.

A perda de valores morais por parte de certos progenitores tem sido, segundo estudos, a causa de muitos casos de fuga ou recusa de paternidade registadas no país.

error: Content is protected !!