Sodiam arrecada mais de USD mil milhões em receitas brutas

A Sociedade de Comercialização de Diamantes de Angola (Sodiam) vendeu, em 2018, um total de 8.408.687, 87 quilates, gerando uma receita bruta de 1.223.725.185,45 dólares, informou hoje, em Luanda, o seu administrador para área de finanças e mercado artesanal. Em declarações à imprensa à margem de uma “apresentação sobre o mercado”, Fernando Amaral esclareceu que esses mil milhões, duzentos e vinte e três milhões, setecentos e vinte e cinco mil, cento e oitenta e cinco, e quarenta e cinco centavos de dólares reflectem o total global do ano findo.
O responsável da Sodiam, empresa estatal angolana vocacionada à compra e venda de diamantes de produção nacional, disse que relativamente a 2017, verificou-se uma redução do volume, comercializado na ordem dos 10%, e um aumento da receita de cerca de 11%.
Quanto às realizações do mercado diamantífero no quarto trimestre de 2018, Fernando Amaral fez saber que neste período foi comercializado um volume de 2.508.220,59 quilates (dois biliões, quinhentos e oito milhões, duzentos e vinte mil e cinquenta e nove Cts).
A cifra corresponde a um aumento de cerca de dois por cento, comparativamente ao quarto trimestre de 2017. Desta produção, 2.287.002,81 quilates (891,2%) de origem kimberlítica e 221.217,78 quilates (8,8%) de origem aluvionar.
O administrador para área de finanças e mercado artesanal da referida empresa filial da Endiama acrescentou que o preço médio total do período em análise situou-se em 151,92 dólares por quilates, o que representou um incremento de 26 % relativo ao período homólogo em 2017.
Segundo o gestor, a receita bruta dos quatro últimos meses do ano passado proveio da actividade de comercialização, totalizando 381.051.472,69, o que se traduz num aumento de 63.263,592,80 (19%) comparativamente ao quarto trimestre de 2017.
Os diamantes comercializados no período em estudo foram essencialmente extraídos nas províncias da Lunda Sul (89,2%) e Lunda Norte (10,8%), envolvendo as empresas Sodiam, Sociedade Mineira do Luó, Chitololo, Cuango, Luana, Camutwé, Lulo, Luminas e Luari Cambange.