Estudantes mostram habilidades criativas no “Catearte”

Cerca de cento e 50 estudantes da vila de Catete, no Icolo e Bengo, participaram num campo de férias cujo objectivo foi ocupar o tempo livre das crianças durante o período das férias escolares, proporcionando-lhes uma formação em várias disciplinas artísticas

Sob a chancela do Centro Cultural António Agostinho Neto, em Catete, o programa de férias “Catearte” visou ocupar os tempos livres das crianças e ajudá- las a construir a sua personalidade profissional ou artística em vários domínios. Deste modo, puderam beneficiar de uma formação nas disciplinas de dança (contemporânea e tradicional), teatro dramático, desenho, pintura e escultura, escolhidas para fomentar o gosto pelas artes. Entretanto, como resultado desta formação, os formandos puderam demonstrar as suas habilidades artísticas e criativas nas várias disciplinas durante o curso, com destaque para a dança, teatro, desenho, escultura e pintura.

“Durante o encerramento, os estudantes mostraram o resultado do que apreenderam, os das artes visuais apresentaram uma mostra que permanecerá até ao final do mês de Março na sala de Exposições temporárias do Centro Cultural”. Este preâmbulo é do director do Centro Cultural, Francisco Makisesse, que falava ao nosso jornal, tendo acrescentado que há ainda uma escultura, de tamanho maior, que se pode visitar no espaço adjacente ao Comando da Polícia Nacional de Icolo e Bengo, na Vila de Catete. De salientar que “Catearte” é uma iniciativa da Casa Museu Óscar Ribas em parceria com a Administração Municipal de Icolo e Bengo e Centro Cultural Dr. António Agostinho Neto, em Catete e decorreu entre os dias 14 e 25 de Janeiro.

Temporada 2019

O Centro Cultural António Agostinho Neto, em Catete, abre oficialmente a sua temporada artístico- cultural nesta Sexta-feira, 15 de Fevereiro, com destaque para a abertura do laboratório “O Mundo dos Sonhos da Criança”, que deverá ser orientada por especialistas da área. Segundo o responsável Francisco Makisesse, trata-se de um laboratório de integração única, um trabalho concentrado, visando desenvolver, conhecer e gerir as emoções próprias e dos outros e utilizá- las como instrumento comunicativo. É ainda um espaço criativo para exprimir através do movimento, da voz, do gesto, da visão e da palavra (música, teatro, poesia, dança, desenho, pintura, escultura) enquanto se apreendem noções básicas sobre o uso do computador.

Consta ainda na programação do Centro Cultural de “Catete” a Temporada Infanto-juvenil Manguxiandu, um programa anual em saudação aos dias Mundial do Teatro Infantil, Internacional da Literatura Infantil, Internacional da Criança e Africana, tendo como objectivo educar, instruir, fomentar o gosto para as actividades culturais, das artes e do espectáculo, do livro e da leitura, contribuindo deste modo para a construção da personalidade. Divulgar os feitos do primeiro Presidente de Angola (António Agostinho Neto) para as crianças e jovens, ocupar os seus tempos livres nas escolas da província de Luanda, especialmente nas do município de Icolo e Bengo e na sede do Centro na Vila de Catete, figuram entre os objectivos da iniciativa. A mesma actividade, que incide sobre a realização de palestras, documentários, danças, debates, bibliotecas móveis, música, poesia, arte capoeira, contos, laboratórios e cursos a decorrer em 21 escolas do município de Icolo e Bengo, de 8 de Abril a 24 de Maio de 2019 e no Festival Manguxiandu, decorrerá sob o lema “Catete: Cidade das Artes, da Promessa e da Liberdade”.

error: Content is protected !!