Infra-estruturas integradas do Bengo orçadas em mais de USD 69 milhões

O executivo do Bengo desenvolve esforços com o Ministério da Construção para a conclusão das obras de construção das infra-estruturas integradas da cidade de Caxito até dezembro do ano em curso

O director do Gabinete Provincial dos Serviços Técnicos e Infra-estruturas do Bengo, Edgar Hilário, explicou que a empreitada, iniciada em 2014 e orçada em 69 milhões e 173 dólares, deveria ser concluída em Dezembro de 2018, estando a ser executada numa área de 91 hectares para beneficiar 14 mil habitantes de Caxito.

Em declarações à imprensa, disse que o Executivo do Bengo está a trabalhar com o Ministério da Construção para ultrapassar os constrangimentos de ordem financeira que impossibilitaram o cumprimento dos prazos estabelecidos. O governante realça que em Janeiro houve um acelerar dos trabalhos que têm um período de 24 meses. “Se houver financiamento, ainda no final deste ano termina o trabalho”, disse.

Enquadrado no Programa Nacional de Desenvolvimento (PND), o projecto comporta a construção e reabilitação da rede viária, do sistema de abastecimento de água potável, da rede de drenagem de águas pluviais, da estação de tratamento de águas residuais, da iluminação pública e das telecomunicações. A morosidade e os transtornos causados pelas obras têm constituído motivo de reclamações por parte dos munícipes do Dande. A cerca de 60 quilómetros de Luanda, a cidade de Caxito, sede da província do Bengo, é das menos infra-estruturadas do país, precisando de vários edifícios capazes de lhe conferir o seu verdadeiro estatuto.

error: Content is protected !!