Director do SME pede desculpas ao deputado Manuel Rabelais

O director de Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) comissário Gil Famoso pediu hoje desculpas públicas ao deputado Manuel Rabelais por este ter sido retirado do avião quando pretendia viajar para o estrangeirono passado dia 24 de Janeiro. Em declarações feitas hoje à imprensa, Gil Famoso, admitiu ter havido uma mal interpretação das orientações dadas aos operativos da Serviço de Migração e Fronteiras na sequência da notificação da Procuradoria Geral (PGR) para que o deputado do MPLA fosse pretar declarações àquela instência judicial. “A nosso nível o assunto está a ser averiguado para que haja alguma responsabilização em relação em relação ao sucedido” afirmou o comissário Gil Famoso que promete que incidentes do género vão voltem a ter lugar na instituição que dirige.
O deputado e antigo ministro da Comunicação Social impedido de deixar o país, quando se preparava para embarcar no voo DT 652 com destino a Lisboa, Portugal.
O antigo responsável do GRECIMA foi constituído arguido por indício de cometimento de crimes de corrupção passiva e branqueamento de capitais, acusação já rejeitada pelos seus advogados
.