Independentes podem anunciar “ruptura” com a CASA-CE

Em causa está a crise de liderança após o acórdão do Tribunal Constitucional(TC) de Agosto do ano passado, que afastou Abel Chivukuvku do cargo de presidente do Conselho Presidencial

Com “divórcio” quase consumado com os partidos políticos que constituem esta coligação, Os Independentes da CASA-CE realizam a sua I Reunião Magna nesta Sexta-feira, 22, no município de Talatona, a Sul de Luanda. A ser presidida por Abel Chivukuvuku, a reunião vai “avaliar o passado, o presente e os desafios futuros dos Independentes”, no âmbito nacional, dentro e fora da CASA-CE. Entretanto, fonte familiarizada com o assunto avançou ontem, a OPAÍS, que durante o encontro poderá ser “oficializada” a ruptura entre os partidos e os Independentes, devido às divergências internas decorrentes do acórdão nº 497/2018, processo nº 643-A, do Tribunal Constitucional(TC).

Os partidos que formam a CASA- CE interpuseram um processo resultante da interpretação de poderes em relação à organização e funcionamento da coligação, o papel e as competências do ex-presidente do Conselho Presidencial, Abel Chivukuvuku. O Plenário do Tribunal Constitucional esclareceu que o presidente da CASA-CE não é líder dos partidos coligados, mas sim, apenas, um “simples” coordenador da plataforma, segundo os métodos adoptados pelos partidos políticos. Esta sentença colocou-o em posição de desvantagem em relação aos seus principais colaboradores em termos de hierarquia, e não foi bem recebida por si, daí a coligação ter mergulhado numa crise de liderança.

Tentativas infrutíferas

Após várias tentativas de aproximação entre os líderes dos partidos e o então presidente do Conselho Presidencial, mas sem sucesso, os Independentes, liderados por este último, podem anunciar o seu fim na coligação nesta Sexta-feira, 22. Segundo a fonte, em vista está a criação de um partido político pelos Independentes, mas distante do “PODEMOS-JA”. Sem avançar muitos pormenores, a fonte disse que as condições para a legalização deste partido estão já em fase adiantada, e nos próximos dias poderá ser anunciada a sua comissão instaladora. Informou que esta futura força política, ainda embrionária, conta com o apoio de todos os ex-secretários provinciais da CASACE, indicados pelo antigo líder desta coligação, mas exonerados recentemente pela nova direcção, liderada interinamente pelo vice-presidente Manuel Fernandes. A CASA-CE é uma coligação eleitoral de partidos políticos fundada por Abel Chivukuvuku e está representada na Assembleia Nacional com 16 deputados, saídos das eleições gerais de Agosto de 2017.

error: Content is protected !!