USD 50 milhões para água no Cuanza Norte

Cinquenta milhões de dólares é o montante a ser aplicado pelo governo na execução do projecto de construção do novo sistema de abastecimento de água potável para a cidade de Ndalatando, no Cuanza-Norte A informação foi avançada à imprensa Terça-feira, pelo director Nacional das Águas, Lucrécio Costa, no final da visita ao município do Lucala, onde radiografou as condições e o local onde será edificada a referida infra-estrutura.

Segundo o responsável, o projecto está inscrito no Programa de Investimentos Públicos (PIP) do Ministério de Energia e Águas para o ano 2019, e a execução da obra será co-financiada pelo Banco Mundial.

Lucrécio Costa garantiu estar assegurado o referido financiamento e adiantou terem sido já dados os passos iniciais do projecto, numa altura em que decorre o processo de pré-selecção e consequente indicação dos potenciais empreiteiros até ao final do mês de Fevereiro. Disse que o processo de selecção das empresas decorre há cinco meses e asseverou que o início das obras está aprazado para o mês de Novembro.

Lucrécio Costa adiantou que a capacidade do novo sistema de água será determinada pela viabilidade da execução do projecto em que se pretende triplicar a capacidade do actual sistema de fornecimento do líquido preciso à cidade de Ndalatando, cuja infra- estrutura se mostra incompatível com a actual demanda de consumo.

error: Content is protected !!