“Dueto” entre Euclides da Lomba e Gabriel Tchiema entra hoje em cena

A estreia da II temporada é aguardada com grande expectativa pelos artistas, produtores e público

Artistas de primeira linha e uma banda de peso. Esses são dois dos “ingredientes” que estarão hoje, Sábado, no palco da Casa 70, na estreia da segunda temporada do Duetos N’Avenida, projecto musical sob a chancela da Zona Jovem Produções. A semana que se encerra foi marcada pelos ensaios para a concepção de um show de raiz, no qual os protagonistas são Gabriel Tchiema e Euclides das Lomba. Quem acompanhou os ensaios, ainda que por poucas horas, teve a certeza que se pode esperar muito desse encontro de artistas que são muito mais do que simples amigos. “Já sou o ‘Tchiema da Lomba’”, brinca Gabriel Tchiema, em entrevista durante o ensaio da última Quinta-feira, no bairro do Miramar, em Luanda. Bastante sereno e feliz pela capacidade de Euclides da Lomba de cantar músicas do seu repertório em tchokwe. Na ocasião, o artista da Lunda- Sul antecipou: “O público irá surpreender- se com o que o Da Lomba fará em palco”. E o Euclides da Lomba ripostou: “O tchokwe sairá em condições. Podem esperar o melhor”, anunciou o dono de “Tchutcha”.

Produção

O regente de todos os concertos do “Duetos”, Chalana Dantas, sente- se seguro, depois de duas semanas de trabalho duro e aprazível. “Cada ensaio foi único e a cada dia fui ‘espremendo’ deles o máximo possível, para que, nessa última semana, pudéssemos estar confiantes e com a consciência de dever cumprido”, apontou. Quanto ao alinhamento musical, o também percussionista diz que está tudo como planeado, tendo dado aos dois artistas liberdade, mas com os devidos “limites”. “Por exemplo ,eles foram acrescentando alguns temas ao repertório e foram se reinventando consoante os ensaios”, explicou. O leque de instrumentistas que acompanharão Da Lomba e Tchiema na noite de hoje é parcialmente originário da Banda Maravilha e também da banda de Gabriel Tchiema. Roberto Sola, por exemplo, é percussionista de Tchiema, e para esta ocasião foi especialmente convidado pelo director artístico Chalana Dantas.

“Toco há anos com o Tchiema. Foi ele quem me deu esperança nessa vida de músico. Fui convidado pelo Chalana para tocar nos Duetos e a experiência está a ser muito fixe. Nunca é a mesma coisa tocar com Banda Maravilha”, revelou. Por sua vez, Djanira Mercedes, uma das vocalistas da Banda Maravilha, fará coro para o Duetos de hoje e conta quão nostálgica está para este concerto. “Já trabalhei antes com os dois artistas e já não tenho grandes dificuldades, apesar de que cada show é um show, as coisas estão a fluir. Sair do repertório de Lomba para Tchiema e vice-versa é agradável. Gosto e nos estamos a auxiliar”, salientou. A cantora recordou que já conhece o projecto, tendo por isso já trabalhado no duo Eduardo Paim e Maya Cool, daí que a dinâmica da Zona Jovem é por si conhecida.

Organização

O director da Zona Jovem, Figueira Ginga, que também assistia ao ensaio da última Quinta-feira, mostrou-se optimista e demonstrou a sensação de que a segunda temporada do Duetos começa hoje com o “pé direito”: “Tudo está a ser preparado ao pormenor e aguardamos pelo público. Com a excelência desses dois músicos, venceremos todas as dificuldades”, vaticinou. O objectivo, segundo ainda o responsável, é o de atrair as pessoas para aquilo que é a música angolana com qualidade e bem como poder atrair a comunidade empresarial para o projecto que se mostra necessário. Por essa razão, está confiante que haverá “um grande show” e não “um show grande”, finalizou.

Próximos Concertos

A agenda do projecto “Duetos N’Avenida” reserva ainda para esta temporada os concertos com o mesmo padrão, a 29 de Março de Don Kikas e Walter Ananás, para o dia 27 de Abril, reserva Yola Semedo e Pérola. Já para 25 de Maio entram em palco Calado Show e Gilmário Vemba, ao passo que a 29 de Junho Ary e Kyaku Kyadaff tomam conta dos apreciadores da música moderna angolana.

error: Content is protected !!