Carta do leitor:Paulo Tomás mantém afinidade ao 1º de Agosto

POR: António Sampaio

Boas vindas, caro director… É pela terceira vez que escrevo para o vosso jornal. O assunto de hoje recai para o “caso Paulo Tomás”. Levantei este assunto porque estou cansado de ouvi-lo. Paulo Tomás disse em tempos de peito inflamado à Rádio Cinco que o Desportivo da Huíla, terceiro classificado com 28 pontos e o 1º de Agosto, líder com 31, jogarão de igual para igual no encontro de amanhã referente à décima sétima jornada do Girabola Zap e que haverá verdade desportiva. Paulo Tomás, senhor que tem vindo a comentar há anos naquela emissora, prestava estas declarações no espaço “Balão de Ensaio” emitido às sextas-feiras, a partir das 8 horas, normalmente sob o comando de Alexandre Dinis. Tomás é de opinião que nunca houve troca de favores entre essas duas agremiações e que quando ambas vão a jogo só pensam em proporcionar o melhor da modalidade para os aficionados. Conversa para boi dormir. Fiquei sem perceber. não sei se ele queria ganhar notoriedade no círculo de vários internautas ou se pretendia tapar o sol com a peneira, dando a entender que ambos os emblemas vão proporcionar a verdade desportiva, quando se sabe à partida, que isto não se irá traduzir em realidade, uma vez que quando essas equipas se defrontam deixam sempre à solta alguma inverdade no resultado. Foi assim no desafio da primeira volta do Girabola Zap, disputado no Estádio nacional 11 de Novembro, em Luanda, encontro onde os rubronegros venceram por duas bolas sem resposta. naquele desafio, foi possível constatar que o Desportivo da Huíla favoreceu o 1º de Agosto. Foi uma partida a ser investigada. um encontro familiar, onde o bósnio Dragan Jovic aproveitou para corrigir alguns erros, sobretudo tácticos. nesta contenda, o Desportivo foi um mero expectador. E para o espanto do caro leitor, este emblema, sob a orientação de Mário Soares, sempre que joga com o Petro de Luanda de Beto Bianchi, não sei se tem recebido valores monetários, é que se transcendem como se estivessem a disputar uma partida com maquilhagem de uma final. Têm criado uma mão cheia de dificuldades aos petrolíferos. nos últimos anos tem sido assim. E desta vez não será diferente. Tudo indica que o 1º de Agosto vai deslocar-se à Huíla para regressar com os três pontos na bagagem.

error: Content is protected !!