Em lágrimas, R. Kelly nega abusos sexuais em entrevista

Na primeira entrevista televisiva desde que pagou uma fiança de 100 mil dólares em Chicago, o cantor insistiu no programa CBS Th is Morning que não era culpado de 10 acusações de abuso sexual agravado.

Visivelmente emocionado, o cantor norte-americano R. Kelly negou esta Terça-feira em entrevista ao programa CBS Th is Morning ser culpado de dez acusações de abuso sexual agravado contra quatro mulheres, incluindo três que eram menores à data em que a acusação alega que os abusos terão ocorrido: pelo menos desde 1998. O artista classifica as alegações como “estúpidas”, “não verdadeiras” e “injustas”.