De Tiago Miranda a Conan Osiris, o trajecto que fez um fenómeno

Canta, compõe, mistura estilos e dança como se fosse de outro planeta.

Sem esquecer as letras, claro. De estrela indie no Paredes de Coura do último verão, Tiago Miranda (nome de batismo de Conan Osiris) passou a ser um dos assuntos mais falados em Portugal e poucos lhe ficam indiferentes.

Uns adoram, outros detestam, mas quase todos têm opinião sobre a mescla de estilos que se podem encontrar nas músicas do “rapaz de Lisboa” que nasceu no Cacém, Sintra. “Génio inovador”, dizem os apaixonados. “Música ridícula”, dizem os críticos. Diferente de Variações.

error: Content is protected !!