CFL suspende viagem Luanda- Dondo por tempo indeterminado levam a suspensão

Ainda estão por se definir o valor dos prejuízos. No Entanto, Augusto Osório realçou que pelo menos 1000 pessoas serão afectadas

O Caminho de Ferro de Luanda anunciou ontem que está suspensa por tempo indeterminado, a prestação de serviços no troço Luanda-Dondo-Luanda devido aos danos causados pela chuva, que se abateram nos últimos dias sobre a região. Em depoimento a OPAÍS, o Porta- voz da instituição, Augusto Osório, afirmou que já estão a ser efectuadas operações técnicas no referido troço ferroviário e tão logo sejam concluídas será reposta a normal funcionamento. “ É necessário garantir a segurança dos passageiros”, enfatizou.

Semanalmente, isto é aos Sábados, são disponibilizados três comboios que fazem o transporte de aproximadamente 1000 passageiros. Questionado sobre o valor dos prejuízos aos cofres da referida empresa pública sofrerá com a suspensão dos serviços, Augusto Osório disse que ao momento não pode ser calculado uma vez que ainda estão a ser avaliados. No entanto, prejudica as metas da empresa que continua engajada em gerar receitas parar proporcionar um incremento salarial até ao final do mês em curso aos trabalhadores que recentemente entraram em greve paralisando os serviços por cerca de 10 dias.

O pomo da discórdia que desencadeou a greve é o facto de a empresa alegar que não tem condições para aumentar os salários, na ordem dos 80 por cento, tal como exigem os funcionários que dizem existir falta de vontade da entidade empregadora, a quem acusavam de nem sequer apresentar uma contraproposta. De realçar que na ocasião Augusto Osório, afirmou existir falta de boa-fé dos trabalhadores que teimavam em cruzar os braços justificando que “o dinheiro para solucionar as exigências dos trabalhadores terá de vir da actividade normal da empresa, mas com a greve fica difícil de se solucionar”. O CFL realiza diariamente 17 viagens de comboio suburbano de passageiros, onde transporta nos três serviços perto de seis mil pessoas que pagam 500 Kwanzas em primeira classe, 200 na segunda classe e 30 na terceira classe. Além do suburbano, o CFL realiza viagens de Luanda ao Cuanza Norte e Malanje.