Angola presente na 63ª Reunião da Comissão da ONU sobre a Condição da Mulher

Uma delegação angolana, chefiada pela ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina Fernandes Inglês de Almeida Alves, participa de 11 a 22 de Março, na 63ª Sessão da Comissão das Nações Unidas sobre a condição da mulher

Este ano, a reunião vai centrar-se no tema “Sistemas de protecção social, acesso aos serviços públicos e infra-estruturas sustentáveis para a igualdade do género e o empoderamento de mulheres e meninas”. Angola vai apresentar os avanços que a mulher registou nos vários domínios da vida Nacional, concretização da protecção social de base e obrigatória, assim como o aumento das infra-estruturas sustentáveis, viradas para o bem-estar e protecção da mulher vítima de violência doméstica.

A Comissão da ONU sobre a Condição das Mulheres é a principal entidade intergovernamental de alcance mundial dedicada exclusivamente para a promoção da igualdade de género e do empoderamento das mulheres. O evento é aproveitado para partilha de experiências entre Angola e outros países membros da CSW, destacando os esforços para concretizar as políticas de igualdade de género e empoderamento político, social e económico das mulheres, bem como os direitos humanos. O Comité para a Eliminação da Discriminação contra a Mulher foi criado com o objectivo de acompanhar a implementação e avaliação da convenção da ONU sobre a eliminação de todas as formas de discriminação contra à mulher.

A sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, recebe a partir de Segunda- feira, 11 de Março, um dos maiores fóruns de debate sobre os direitos da mulher no mundo. Fazem parte deste certame representantes dos Estados-membros, entidades da ONU e organizações não-governamentais de todas as regiões estarão presentes na 63ª Sessão da Comissão sobre o Estatuto da Mulher, CSW, incluindo 120 delegados de alto nível e cerca de 5 mil da sociedade civil.

error: Content is protected !!