Vice-presidente do Banco Mundial chega hoje a Angola para analisar reformas económicas

O vice-presidente do Banco Mundial (BM) para Região de Africa, Hafez Ghanem, chega está manhã ao país, numa visita de três dias, para, entre vários objectivos, inteirar-se sobre as reformas do Governo e verificar a evolução de alguns projectos

Pela primeira vez em Angola e na qualidade de responsável do BM, Hafez Ghanem vai constatar a evolução da implementação da carteira de projectos financiados por esta instituição de Bretton Woods. Na agenda desta manhã está previsto um encontro com membros do Banco Mundial e uma audiência com o Presidente da República, João Manuel Lourenço.

Segundo um comunicado a que OPAÍS teve acesso, o responsável vai reunir-se com a equipa económica liderada pelo ministro do Estado da Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, para ter um melhor entendimento sobre o programa de estabilização macroeconómica e reforma económica do Executivo angolano.

De igual modo, irá encontrarse com os vários ministros cujos sectores trabalham para as temáticas do Desenvolvimento do Capital Humano e da Economia Digital. Ainda hoje, de acordo com o documento, o responsável terá um almoço com algumas mulheres líderes dos sectores públicos e da sociedade civil para abordar a temática sobre o empoderamento económico e social da mulher em Angola.

O responsável vai manter também encontros com o ministro das Finanças, Archer Mangueira, ministra da Família e Promoção da Mulher, Faustina Inglês de Almeida Alves, a ministra da Educação, Maria Cândida Pereira Teixeira e o ministro da Energia e Água, João Baptista Borges e também com o ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, entre outras entidades.

Visita de campo ao Huambo

Para além de Luanda, Hafez Ghanem vai deslocar-se na Quinta-feira à província do Huambo, onde será recebido pela governadora local, Joana Lina. Ainda no Huambo, o responsável do Banco Mundial vai também reunir-se com técnicos de implementação e alguns beneficiários dos projectos financiados pelo Banco Mundial, como dos sectores ligados à agricultura, educação, água e desenvolvimento local.

Sobre Hafez Ghanem

De nacionalidade Egípcia e Francesa, Hafez Ghanem é o vice-presidente do Banco Mundial para a Região de África desde 1 de Julho de 2018. Hafez Ghanem é especialista de desenvolvimento com mais de 30 anos de experiência, estando no presente momento na liderança de uma carteira regional activa composta por mais de 600 projectos totalizando mais de USD 71 mil milhões.

Sob a sua liderança, o Banco Mundial apoia o crescimento inclusivo e a redução da pobreza mediante o financiamento de projectos que impulsionem o capital humano, apoiem o desenvolvimento do sector privado, aumentem a produtividade agrícola, melhorem o acesso à infra-estrutura, criem resiliência à mudança climática e promovam a integração regional.

Antes da sua nomeação como vicepresidente para a região africana, o Sr. Ghanem desempenhou a função de vice-presidente do Banco Mundial para a região do Oriente Médio e Norte de África de 2015 a 2018, supervisionando o engajamento do Banco Mundial em 20 países. E licenciado e mestre em Economia pela Universidade Americana do Cairo e doutorado (PhD) em Economia pela Universidade da Califórnia, em Davis.

error: Content is protected !!