Alimenta Angola investe Kz 4 mil milhões em nova loja da centralidade do Kilamba

O grupo Alimenta Angola pretende inaugurar, em 2020, a sua nova loja localizada na Centralidade do Kilamba, num investimento avaliado em quatro mil milhões de Kwanzas

A abertura da nova unidade comercial, que se enquadra no plano de expansão da rede, está prevista para o segundo o semestre de 2020, adiantou a OPAÍS o director comercial da rede comercial Alimenta Angola, Luis Mattoz Segundo o responsável, as obras da nova unidade estão em curso, o responsável aponta que o grupo pretende, com isso, consolidar a sua presença a nível da província Luanda e posteriormente expandir–se para as demais províncias do país.

“A Nossa expansão ainda se concentra em Luanda. Em breve estaremos a ir para as províncias”, afirmou. Com isso, acrescentou, serão criados um total de 210 postos de trabalho directos. Segundo o responsável, para a construção e apetrechamento desta nova unidade comercial o grupo pretende investir um valor de quatro mil milhões de Kwanzas.

Quanto à sua mais recente loja, localizada no bairro da Sapú II, município de Viana, avançou que a decisão da abertura de uma loja naquela localidade deve-se à oportunidade de venda que existe naquela área.

A nova unidade conta com um total de 208 postos de trabalho directos. O projecto Alimenta Angola Cash and Carry teve início em 2005 e consiste na instalação de lojas e armazéns, preparados para atender os pequenos e médios empresários dos mais diversos ramos de actividade, como hotéis, restaurantes, bares e mercearias.

Em 2009, o Alimenta Angola abre sua loja no bairro da Estalagem em Viana, sendo a primeira do projecto de 10 lojas previstas para o continente.

error: Content is protected !!