Bornito de Sousa conforta sinistrados de Catumbela

O vice-presidente da República, Bornito de Sousa, transmitiu nesta quarta-feira a sua solidariedade às famílias sinistradas pelas enxurradas, que no fim-de-semana passado causaram 12 mortes na Catumbela. Numa visita à referida zona, Bornito de Sousa confortou as famílias, ouviu as suas inquietações, e garantiu que o Presidente da República acompanha a situação e promete medidas para melhorar as condições das famílias afectadas.
Apelou a colaboração da população, no sentido de deixar de construir em zonas de risco, como linhas naturais de águas pluviais, para se evitarem situações do género.
Muitos cidadãos, além da perda de vidas humanas, viram as suas residências destruídas ou inundadas e ficaram sem os seus haveres, pelo que solicitam a ajuda das autoridades, no sentido de verem minimizadas as suas perdas.
A forte chuva deste sábado provocou a morte de 12 pessoas na Catumbela, três em Benguela e uma no Lobito, além de deixar dois cidadãos gravemente feridos e provocar o desaparecimento de outros dois.
As vítimas são maioritariamente menores, com idades compreendidas entre um (01) e os 16 anos, falecendo também adultos dos 29 aos 53 anos, respectivamente.
O balanço aponta para 29 residências desabadas, 56 outras inundadas e 21 árvores caídas nas várias artérias das cidades referenciadas.