Francisco Castro encerra em África

O piloto português de automóveis e motas, Francisco Sande e Castro, revelou ontem a O PAÍS que decidiu dar por terminada a sua volta ao mundo, depois de ter passado pela Europa, Ásia, América e Oceânia, entre 2012 e 2019.

Francisco Sande e Castro disse que conseguiu cumprir o que sempre desejou, passar pelos cinco continentes, conhecer a realidade de alguns povos e suas culturas.

O piloto português, de 63 anos, prestava estas declarações na visita que efectuou à fábrica Angonabeiro, empresa afecta ao grupo ‘Nabeiro’ vocacionada para a área do comércio e da indústria. De acordo com Francisco Sande e Castro, quando terminar esta viagem, que considerou ser a mais extensa que alguém terá sido feita à volta do planeta, lançará um livro sobre esta aventura.

O piloto português garantiu que depois de encerrar esta etapa, que passa por África, segue viagem no mês de Abril próximo como sempre de motorizada para a sua terra natal, Portugal, onde dará seguimento a outros projectos já elencados acima.

error: Content is protected !!