Maria Celestina Fernandes na festa da literatura infantil em Portugal

O evento organizado pela DOIs UM Produções, produtora luso-brasileira, em parceria com a Câmara Municipal de Oeiras, terá como palco, o Templo da Poesia, Parque dos Poetas, em Oeiras

A escritora Maria Celestina Fernandes participará, nos dias 30 e 31 deste mês, na Travessia das Letras, a Primeira Festa Literária Infanto-juvenil de Língua Portuguesa. O evento a decorrer no Templo da Poesia, Parque dos Poetas, em Oeiras, Portugal, contará com a participação de escritores do Brasil, da Guiné-Bissau, Cabo Verde, Moçambique e de Portugal, país anfitrião. A participação da angolana neste certame surge na sequência do convite da Editora Kapulana, com a qual a autora trabalhou nas obras “Kalimba” e “Kambas Para Sempre”. Travessia das Letras é uma grande festa dos falantes da língua portuguesa com encontros, oficinas e actividades que misturarão sotaques, cultura e hábitos.

Os relatos da organização referem que o projecto nasceu do desejo de aproximar culturas que partilham a mesma língua, promovendo o intercâmbio, atiçar a curiosidade, estimular a criatividade e expandir o imaginário pelo universo lúdico e onírico infanto-juvenil. A prioridade da preparação deste prestigiado evento, tem a ver com o exercício do pensamento, das ideias, da construção de relações sociais e afectivas que se iniciam na infância. A festa Travessia das Letras, iniciará com o tema “Visões de Mundos Diferentes com idioma igual, o português que nos une” e juntará escribas de Angola, do Brasil, de Cabo Verde, da Guiné- Bissau, Moçambique e Portugal.

Esta primeira edição, segundo a organização, vai muito além de um projecto cultural, ao assumir o carácter de proposta educativa construída com a participação e sugestões de autores, editoras e instituições públicas e privadas que apoiam o projecto. A curadora do projecto, jornalista e escritora brasileira, Luciana Savaget, explicou que a proposta do evento não é apenas fazer com que o contacto entre o público e os escritores seja mais directo, mas proporcionar aos mais pequenos e jovens portugueses, e não só, a oportunidade de ter acesso à Cultura de outros países que têm o português como língua materna.

A festa

A realização da Travessia das Letras em Portugal sugere o caminho inverso ao do percorrido pelo idioma, com a clara intenção de apresentar e disponibilizar para as crianças e jovens portugueses a cultura e os valores do mundo lusófono. O evento organizado pela DOIS UM Produções, produtora luso-brasileira, em parceria com a Câmara Municipal de Oeiras, conta com o apoio do Plano Nacional de Leitura 2017– 2027 (PNL2027) e da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), um projecto que teve a preocupação.

error: Content is protected !!