MPLA saúda dia da África Austral

O Bureau Político do MPLA expressa, em nome dos militantes, simpatizantes e amigos do partido, o seu regozijo pela realização em solo angolano do primeiro acto regional comemorativo do Dia da Libertação da África Austral, ocorrido ontem, Sábado, 23 de Março de 2019, na vila do Cuito Cuanavale, província do Cuando Cubango.

Na sua declaração, o MPLA considera este facto como um justo reconhecimento dos governos e povos dos países da África Austral ao contributo prestado pelo povo angolano à causa da pacificação total da região, após a derrota militar do exército do então regime racista sul-africano, a 23 de Março de 1988, na histórica Batalha do Cuito Cuanavale.

Trinta e um anos depois da vitória das FAPLA (Forças Armadas Populares de Libertação de Angola) na célebre Batalha do Cuito Cuanavale, o MPLA defende que é hora de Angola consolidar o seu papel no contexto regional, onde a sua visão estratégica deve ser inteligível, no contexto da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral – SADC.

A par disso, o MPLA incentiva os académicos no sentido de continuarem a estudar a história da Batalha do Cuito Cuanavale, cujo desfecho vitorioso ditou o fim das agressões militares sul-africanas contra Angola e outros países, a Independência da Namíbia, a libertação de Nelson Mandela e o desmantelamento do regime de segregação racial na África do Sul