Editorial: A memória da solidariedade

A SADC está, por estes dias, em cimeira, a mostrar-se solidária com a República Árabe Saharaui Democrática, ou simplesmente Sahara Ocidental.

Bornito de Sousa, o vice-presidente angolano, representa João Lourenço, o Presidente de Angola, na reunião de Pretória, África do Sul.

Ou seja, o país está engajado. Na verdade, ouvir-se falar do Sahara não é coisa nova em Angola, já se falou muito mais no passado, mas é bom que os líderes da SADC, cujos países contaram sempre com a solidariedade internacional nas suas lutas pela emancipação política, se mostrem agora com memória e empenhados na construção de uma África de povos livres e independentes, para que haja, fi nalmente, harmonia em todo o continente.

error: Content is protected !!