Falso médico detido por homicídio

O Serviço de Investigação Criminal deteve, recentemente, dois cidadãos nacionais, supostos enfermeiros (um seria médico), no município da Mbanza-Kongo, na província do Zaire, implicados na prática do crime de homicídio e do exercício ilegal da profissão. O facto ocorreu no interior do Posto de Enfermagem Salvação – 2, quando os supostos enfermeiros submeteram a tratamento médico um cidadão que, infelizmente, veio perder a vida 48 horas depois.

Das investigações preliminares no local do crime pelos especialistas do SIC, presume- se que os referidos enfermeiros possuem documentos duvidosos, bem como constatou- se a ilegalidade do referido Posto, que foi de imediato encerrado pela Inspecção da Direcção Provincial da Saúde. Ainda na província do Zaire, foram expulsos 115 imigrantes ilegais pelo Serviço de Migração e Estrangeiros, no âmbito de uma microoperação de combate à imigração ilegal consubstanciada em buscas dirigidas nos municípios do Mbanza Kongo e Soyo.

Os actos de repatriamento decorreram em simultâneo no Posto Fronteiriço do Luvo, em Mbanza Kongo e no Posto Fronteiriço Fluvial do Kimbumba, no município do Soyo. Importa realçar que dos cidadãos expulsos, três foram por decisão judicial e 112 por decisão administrativa.

error: Content is protected !!