GPL e EPAL abordam abastecimento de água à população

O abastecimento de água à Província de Luanda juntou na tarde desta Terça-feira, dia 9, no Salão Nobre do GPL, o Governador Sérgio Luther Rescova Joaquim e o Conselho da Administração da EPAL.

Produção, distribuição, projectos, programas, qualidade de água, bem como os peços exorbitantes praticados pelos camionistas de cisternas que se abastecem a partir das girafas da EPAL, foram alguns dos temas abordados durante a reunião. Para o normal abastecimento de água à população, a Província de Luanda necessita de um milhão e duzentos mil metros cúbicos.

Neste momento tem disponível apenas 550 mil metros cúbicos. Deste modo, a EPAL está a gerir um déficit de 650 mil metros cúbicos, que só será superado com a implementação dos grandes projectos do Bita e Quilonga, conforme enfatizou o PCA da empresa, Diógenes Orsini.

O Governador Provincial orientou, enquanto se espera pelos grandes projectos, a criação de mecanismos para o controlo da qualidade de água e dos preços praticados pelos camiões cisternas, atenção redobrada para os hospitais e escolas, maior interação com os municípios, bem como maior celeridade na superação das rupturas na rede.

error: Content is protected !!