LS Produções assume organização do FestiSumbe

A LS Produções vai assumir as despesas do evento que anualmente movimenta milhares de fãs e dezenas de artistas, entre nacionais e estrangeiros

Cinco anos depois, a promotora nacional de espectáculos LS Produções vai retomar a produção do tradicional Festival Internacional de Música do Sumbe (FestiSumbe), que se realiza anualmente no mês de Setembro na cidade do Sumbe, província do Cuanza-Sul.

Para a realização do evento, o Governo Provincial do CuanzaSul e a promotora LS Produções assinaram esta semana, na cidade do Sumbe, um memorando de entendimento para a realização do festival este ano.

A LS Produções vai assumir as despesas do evento que anualmente movimenta milhares de fãs e dezenas de artistas, entre nacionais e estrangeiros. Na ocasião, o director provincial do gabinete da Cultura, Turismo, Juventude e Desporto, Agostinho Mikinho, considerou satisfatório o regresso do FestiSumbe, por movimentar centenas de pessoas e artistas.

Para o responsável da LS Produções, Fernando Republicano, a promoção do FestiSumbe, o maior festival de música do Sumbe, é uma satisfação, visto que a província vai ganhar. Disse que depois de um interregno de cinco anos, a LS Produções vai ter a responsabilidade de produzir o FestiSumbe, sendo uma satisfação para a promotora, visto que tem experiencia na realização de festivais.

Apelou aos empresários para apoiarem esta iniciativa do Governo, de voltar a oferecer alegria à população local e não só. O festival, interrompido em 2013, acontece no âmbito do aniversário da província do Cuanza-Sul, a assinalar-se a 15 do mês de Setembro.

Foram signatários do memorando o director provincial do Cuanza-Sul do gabinete da Cultura, Turismo, Juventude e Desporto, Agostinho Mikinho, e o responsável da LS Produções, Fernando Republicano, O acto foi presenciado pelo governador provincial do CuanzaSul, Job Castelo Capapinha, pelos vices governadores, delegados e directores de gabinetes.

Participantes da anterior edição

Na última edição do Festival Internacional do Sumbe, a música nacional preencheu grande parte do show com Arsénio Morais, Guto, Coreon Dú, B4 (Big Nelo e C4 Pedro), Banda Maravilha, Kweno Ayonda, Don Kikas, Margareth do Rosário, Bangão, Ary, Mikas Mendes, Johny Ramos, Puto Português, Bebucho que Kuia e Ti Cardoso.

Partilharam o mesmo palco os músicos Eduardo Paim, Yo
la Araújo, Cristo, Konde, Banda Voga, BWG, Sabino Henda, Justino Hanganga, Bessa Teixeira, Man Sambila, Irmãos Almeida, Yuri da Cunha, W-King, Dj João Alves e Zona-5. Com nota positiva nesta edição do FestSumbe, esteve Ali Campebell, fundador e antigo vocalista da Banda UB40, que exibiu grandes sucessos que marcaram os memoráveis anos 1980 e 90.

Cerca de 100 mil pessoas de várias idades e proveniências de vários cantos do país estiveram assistiram ao festival de música internacional do sumbe (Festisumbe 2013). Para o gáudio do público, tinham sido garantidos 200 mil watts de som.

error: Content is protected !!