Sobe para 29 o número de mortos em acidente na Madeira

Subiu para 29 o número de mortos resultante da queda de um autocarro de turismo, esta quarta-feira, na zona do Caniço de Baixo, no concelho de Santa Cruz, na Madeira. O veículo caiu por uma ribanceira vitimando fatalmente 11 homens e 18 mulheres, todos eles turistas de nacionalidade alemã.
O governo madeirense decidiu decretar três dias de luto regional (dias 18, 19 e 20) pelos “trágicos acontecimentos” ocorridos

No autocarro seguiam 55 pessoas, tendo 28 delas sido transportadas para o hospital com ferimentos de várias gravidades, entre eles dois portugueses. Ao que tudo indica, terá sido uma falha mecânica que terá levado o veículo a sair da estrada e cair sobre uma moradia.

O acidente ocorreu junto à Quinta Splendida, onde os turistas estavam hospedados.

Para o local foram enviadas 19 viaturas e 50 operacionais, entre elementos dos Bombeiros, PSP e Proteção Civil regional e municipal.
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ponderou viajar esta noite para o Funchal, mas  acabou por cancelar a ida de forma a ceder o Falcon da Força Aérea para o transporte de feridos.
O primeiro-ministro, António Costa, já deu as condolências às famílias das vítimas através das redes sociais e o presidente Marcelo de Sousa deslocou-se de urgência ao Funchal, capital da Ilha da Madeira.