Seca compromete campanha agrícola na totalidade

A campanha agrícola a nível do Cunene está totalmente comprometida, visto que mais de 205,3 mil hectares de cultivo de cereais, como o massango, massambala e milho, já não têm possibilidade de maturação, devido à escassez de chuva na província.O reconhecimento é do governador provincial, Vigílio Tyova, segundo o qual, em função do fenómeno, estão perdidas mais de 80 mil toneladas da produção projectada para a campanha agrícola 2018/2019/2020, cujas sementes foram lançadas à terra em Outubro último.
“Nessa campanha agrícola estão envolvidas 99 mil famílias camponesas, que aproveitaram somente 40% dos 205 mil e três hectares de terra previsto para o cultivo. Mas em virtude da escassez de chuvas, o cultivo de cereais não teve o desenvolvimento desejado”, informou.
Em entrevista à Angop, o governador provincial, Vigílio Tyova, frisou que, de Outubro à presente data, registaram-se menos de 75 mililitros de água por metro quadrado, o insuficiente para sustentar a produção, numa altura em que seriam necessários 400 a 500 mililitros.
“(….) Esta situação remete-nos a uma conclusão de resultado óbvio de que não haverá colheita nesta campanha agrícola”, expressou o governante, realçando que a seca na região é um fenómeno cíclico que se vive desde 1994, daí que apelamos a cultura de reservas de água.
Entre as medidas imediatas, disse, “temos pedido aos camponeses, sobretudo os que estão próximo do Rio Cunene, a aproveitarem ao máximo as correntes de água de Abril e Setembro, para realizarem o cultivo de hortícolas, como alternativas para contrapor a estiagem”.
A província do Cunene conta com duas mil famílias organizadas em associações, cooperativas e em grupos solidários, com vontade de trabalhar, mas que, infelizmente, vêem-se contrariadas pelas condições climáticas (seca) que afectaram toda a actividade agrícola local.
Face à situação, o Gabinete Provincial da Agricultura predispôs-se em apoiar os camponeses com dez toneladas de sementes de massango, igual número de massambala, dez toneladas de fertilizantes compostos, mil enxadas, 200 machados, duas mil catanas, mil pás e 300 limas.

error: Content is protected !!