Violência doméstica reduz no município do Dande

Violência doméstica reduz no município do Dande

A informação foi avançada à Angop pela directora municipal do Dande da Acção Social, Família e Igualdade do Género, Madalena João António, à margem do Conselho Municipal da Família realizado em Caxito. Segundo a responsável, de Janeiro a Dezembro de 2018 foram notificados 148 casos no município do Dande, referindo que as acções de sensibilização realizadas pelo seu pelouro e a mudança de consciência dos membros das famílias têm contribuído para a redução significativa dos casos de violência doméstica no município sede da província do Bengo.

A propósito, o pastor da Igreja Bom Deus de Caxito, Samy Fernando Candeeiro, recomendou mais conversa entre pais e filhos, mais amor ao seu próximo para evitar acções que manchem a sã convivência entre as famílias.

O III conselho municipal do Dande da Família, decorreu sob o lema “A moralização da sociedade começa na Família” e visou elevar a consciencialização das pessoas para maior integração e participação no desenvolvimento do país.

Na ocasião, a administradora municipal adjunta do Dande para a área Política e Social, Marcelina Mateus, disse que é na família onde qualquer Nação pode moldar a sua sociedade, pelo que se deve primar pelos valores éticos, morais e deontológicos para se ter uma sociedade sadia, proporcionando a paz e bem-estar aos seus integrantes.