Político angolano Abel Chivukuvuku evacuado para o exterior

Político angolano Abel Chivukuvuku evacuado para o exterior

– O político angolano Abel Chivukuvuku foi evacuado quinta-feira para a África do Sul, onde irá dar continuidade ao seu tratamento médico, confirmou à Angop, esta sexta-feira, fonte próxima ao processo.Com um diagnóstico que apontava para malária, Abel Chivukuvuku esteve internado, de 25 a 30 de Abril, na Clínica Girassol, com uma recuperação considerada “positiva e tranquilizadora”.
Um comunicado da direcção provisória da auto-proclamada “coordenação geral dos independentes”, distribuído esta sexta-feira à Angop, indica que, para dar continuidade à sua “recuperação e estabilização”, decidiu-se pela evacuação de Chivukuvuku para a África do Sul.
O comunicado detalha que a decisão foi tomada em consenso pela Clínica Girassol e a família do político, que foi, até bem pouco tempo, líder da Convergência Ampla de Salvação de Angola-Coligação Eleitoral (CASA-CE) e antigo quadro do também opositor partido angolano União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA).
Na mesma comunicação, a direcção provisória da coordenação geral dos independentes “agradece o apoio institucional do Estado”, na pessoa do Presidente da República, João Lourenço.
O Presidente angolano, João Lourenço, visitou, segunda-feira última, o político e cidadão nacional Abel Chivukuvuku.
“A visita que efectuei hoje ao Dr. Abel Chivukuvuku, internado numa das unidades hospitalares, não é mais do que um simples gesto de solidariedade a um concidadão de cujos préstimos Angola precisa”, escreveu o Presidente na sua página no Twitter.
João Lourenço concluiu a sua mensagem dizendo que “cada angolano é um activo fundamental para o engrandecimento da Pátria”.
Abel Epalanga Chivukuvuku nasceu no Bailundo, província do Huambo, a 11 de Novembro de 1957. É um político angolano que ocupou durante mais de 30 anos posições de destaque na UNITA, mas saiu deste partido em 2012 para fundar coligação de partidos políticos a CASA-CE.