PR avalia hoje “crise” de água e pasto no Cunene

O Presidente da república, João lourenço, desloca-se este Sábado (04) à localidade de ombala Yo Mungo, município de ombadja, Cunene, assolada pela seca que já afectou, em toda a província, pelo menos 857 mil e 443 pessoas, de um total de 171 mil e 488 famílias

Naquela localidade do Sul do país, o Chefe de Estado angolano, que chegou à província ontem, Sexta- feira, à noite, visita a povoação de Oshiwanda. Antes do Cunene (Sexta-feira), o Chefe de Estado passou pela província do Namibe, onde visitou infra- estruturas ligadas ao sector das águas. Desde Outubro de 2018, o Cunene regista uma acentuada crise de água e pasto, com 79,1 por cento da população total (estimada em um milhão e 157 mil e 491 habitantes) afectada.

Os últimos dados do Governo Provincial apontam para a existência de 299 mil e 623 pessoas a sofrer de fome e sede só na localidade de Cahama (a mais atingida). A seca afecta 285 mil e 194 pessoas em Ombadja, 114 mil e 991 em Namacunde, 65 mil e 526 no Cuanhama, 53 mil e 677 no Curoca e 38 mil 432 no Cuvelai. Em virtude do problema, 276 escolas dos diversos níveis de ensino tiveram as aulas afectadas, sendo que nove delas encerraram. Isso prejudica 54 mil e 500 alunos (de 436 localidades), que acompanham e, ou, ajudam os pais na busca de água e pasto.

Na Cahama, estão afectadas 17 escolas e três mil e 31 alunos, no Cuanhama 186 escolas e 39 mil e 573 alunos, no Curoca 15 escolas e 266 alunos, no Cuvelai quatro escolas e 957 alunos e no Namacunde 54 escolas e 10 mil 703 alunos. Em relação ao gado, principal activo económico da província, estão afectados pelo menos 907 mil e 572 bovinos, sendo 54 mil e 152 na Cahama, 320 mil na Cuanhama, 52 mil no Curoca, 21 mil e 283 no Cuvelai, 120 mil e 137 em Namacunde e 340 mil em Ombadja, a mais representativa.

Segundo a mais recente actualização, já morreram 19 mil e 539 animais, incluindo caprinos e bovinos, entre Outubro de 2018 e a presente data (uma média de dois mil e 442 por mês). Por essa razão, as autoridades adoptaram medidas de emergência e estruturantes para minimizar os efeitos da seca a curto prazo. Com uma extensão territorial de 75 mil 955, 61 metros quadrados, o Cunene localiza-se no Sul de Angola e comporta seis municípios, vinte comunas, 51 bairros urbanos e 765 aldeias rurais, contando um milhão, 157 mil e 491 habitantes.

leave a reply