Reserach Atlantico: Agregado monetário em crescimento

O agregado monetário M2 registou crescimento homólogo de 14% em Março.

A oferta monetária situou-se em 7.952,53 mil milhões KZ e reflecte fundamentalmente o aumento dos depósitos em moeda externa, devido a depreciação cambial, com efeitos sobre as taxas de juro do mercado monetário. A emissão de BT’s atingiu 69,5 mil milhões Kz em Março, um aumento homólogo de 70%. A evolução poderá reflectir a necessidade de financiamento das despesas públicas correntes, o que poderá pressionar o investimento na economia.

Finanças Públicas

O rácio da dívida do Governo sobre o PIB fixou-se em 79,6% em 2018. O nível representa um agravamento de 18,7 p.p. face ao ano anterior e reflecte as necessidades de financiamento do Governo, no período em referência, com efeitos sobre a sustentabilidade da dívida pública.  A venda de diamantes, no Iº trimestre de 2019, rendeu 368 milhões USD. O desempenho representa um aumento homólogo de 40,7%, com possíveis efeitos na arrecadação de divisas para o país e disponibilização de bens na economia.

Espaço Internacional Zona Euro

A taxa de desemprego referente ao mês de Março fixou-se em 7,7%. O nível representa uma desaceleração de 0,1 p.p., tal como o menor nível desde Setembro de 2008, o que poderá contribuir para o crescimento da economia.

EUA A economia cresceu 3,2% em termos homólogos, no Iº trimestre de 2018. O desempenho representa uma aceleração de 0,2 p.p., face ao desempenho do período anterior, que poderá contribuir para o crescimento da economia mundial com efeitos sobre a procura e o preço do petróleo. Os índices bolsistas fecharam em alta influenciados pela expectativa de acordo comercial em Maio. Os índices Dow Jones e Nasdaq aumentaram 0,04% e 0,19%, para 26.554,4 e 8.161,8 pontos, respectivamente. A divulgação do incremento do consumo das famílias e a possibilidade de manutenção da taxa de juro pela FED também favoreceram as bolsas.A taxa de desemprego reduziu 0,2 p.p., para 3,6% em Abril. O registo mensal representa a menor taxa desde Dezembro de 1969, o que favorece o consumo interno, com possíveis impactos sobre o incremento da procura por crude e a cotação da matéria- prima.

error: Content is protected !!