Petro começa “play-off s” da final com o pé direito

Depois da vitória por 89-84, ontem, dos tricolores frente ao 1º de agosto no Pavilhão victorino cunha, as duas equipas retemperam hoje energias para ‘atacar’ amanhã o segundo jogo dos “play-off s” da fi nal do unitel-Basket, campeonato Nacional, a melhor de sete partidas

O Petro de Luanda venceu, 89-84, ontem o 1º de Agosto no Pavilhão Victorino Cunha, para o primeiro jogo dos “play-off ” da final do Unitel-Basket, Campeonato Nacional sénior masculino de basquetebol, a melhor de sete partidas. Com esta vitória, os tricolores começam com vantagem de 1-0 ante o seu arqui-rival. Assim, a equipa do Eixo-Viário terá de vencer mais três jogos sem nenhum do opositor para resgatar o título perdido em 2016. Por sua vez, a equipa central das Forças Armadas Angolanas arranca com o pé esquerdo à corrida da revalidação do ceptro.

Para sonhar com a reconquista do título do Campeonato Nacional, os militares são obrigados a vencer o próximo desafio aprazado para Quarta-feira no nosso reduto de modo a empatar, 1-1, os “play-off s”. Deste modo, a equipa técnica liderada por Paulo Macedo tem o dia de hoje para retemperar as energias e corrigir os erros cometidos no embate de ontem. Durante a partida de ontem, os pupilos de Lazare Andigono entraram em campo com um cinco que tinha a lição bem estudada das principais unidades da formação às ordens de Paulo Macedo. Fruto desta dinâmica, o Petro de Luanda venceu o primeiro período por 23-22, ao passo que no segundo não baixaram a intensidade e foram ao intervalo com a vantagem no placard de 45-39.

No terceiro período houve um equilíbrio, tendo terminado empatado (64-64). Mas, nos últimos 12 minutos, os petrolíferos tiveram maior consistência no jogo ofensivo, confirmaram o triunfo, que abre boas perspectivas para as próximas partidas. Os jogadores mais altos da turma do Rio Seco estavam com pouca confiança e não conseguiram evitar a derrota em casa perante os seus adeptos. No final da partida, o treinador camaronês dos tricolores, Lazare Andigono, felicitou as duas equipas pela boa exibição. Lazare Andigono mostrou-se radiante com o esforço dos seus jogadores e espera melhorar na defesa. Nas hostes dos militares, o timoneiro angolano, Paulo Macedo, justificou que a equipa cometeu muitos erros. Paulo Macedo garantiu que vai corrigir para Quarta-feira para empatar a partida.

error: Content is protected !!