Carta do leitor: Combustíveis, água, luz

POR: João Antunes Pegado
Benguela

Caro director Estamos sem combustíveis, água e luz em Benguela. Ou seja, não temos bens essenciais para a vida moderna em cidades. Os nossos dirigentes só podem estar a brincar connosco, ou então há coisas entre eles que não nos contam, e também não precisam de contar, não queremos saber, apenas queremos que nos forneçam os bens, que governem bem. Já não há empregos, agora ainda nos fazem sofrer desta forma? Nem toda a gente tem homens para tratarem dessas coisas por si, nem todos têm regalias do Estado. Nós somos trabalhadores, ganhamos pouco, sofremos para comprar cada coisa que metemos em casa, agora os da elite ainda brincam connosco dizendo que a Sonangol não tem dinheiro? Se a Sonangol não tem dinheiro é melhor fechar já o país, quem mais terá? E se não tem, então o dinheiro meteram onde? É muita brincadeira. A sorte dos nossos dirigentes é que somos um povo muito pacífico, pois no Sudão o Governo caiu porque subiu o preço do pão, mas até quando vamos tolerar estas coisas? É muita falta de respeito. Benguela agora é a província da tristeza, isso do no coração de quem ama esta terra. O presidente da república tem de fazer alguma coisa, mesmo que seja correndo com muitos dirigentes.