Carta do leitor: Cadê o William Voigt?

POR: Adriano Maior

Caro director do jornal O PAÍS, é com enorme satisfação que lhe escrevo. Vivo no município “satélite” de Viana, na província de Luanda. Estou bastante preocupado com ausência do seleccionador nacional sénior masculino de basquetebol, William Voigt, que se encontra nos Estados Uindos da América, sua terra natal. Na verdade, não entendo o por quê que ele está fora de Angola, sendo que neste momento está a decorrer a final do play-off do Unitel- Basket, Campeonato Nacional sénior masculino de basquetebol. No Nacional da bola ao cesto, o Petro de Luanda está mbora a bater, 3-0, o 1º de Agosto. Oko!!! Ora bem, em qualquer parte do mundo o treinador da selecção deve acompanhar os campeonatos do país onde trabalha, e para a nossa realidade não pode ser diferente, porque dentro de três meses a Selecção Nacional tem de ser convocada para esboçar o Mundial da China. Será que está no seu contrato trabalhar só a partir das estatísticas dos jogos que a direcção técnica da Federação Angolana de Basquetebol (FAB) tem enviado para o senhor William Voigt? Brincadeira! Senhores da FAB, o lugar de trabalho do William Voigt é aqui em Angola, onde falta de combustível, onde a água sai com cor de sumo de mucúa da torneia, onde a energia baza a toda a hora e não nas terras do Tio Sam. É hora de estar onde é feito o seu salário.

error: Content is protected !!