1º de Agosto adia festa do rival no Pavilhão da Cidadela

O 1º de Agosto adiou ontem a festa do Petro de Luanda, no Pavilhão do Principal da Cidadela Desportiva, no quarto jogo da final dos play-off do Unitel Basket.

Com uma vantagem de três zero, os tricolores foram incapazes de abrir o champanhe e festejar o título da presente temporada. Perderam por 70-73, numa partida em que os militares foram superiores na ponta final do desafio. Com este triunfo, conseguido fora de casa, o cinco do rio seco força o quinto embate amanhã, no Pavilhão Victorino Cunha, às 18:00.

Para o clube central das Forças Armadas, vencer em casa é a palavra de ordem, uma vez que querem arrastar a final até ao próximo Domingo. Por sua vez, os tricolores estão em vantagem, mas regressarão ao reduto do adversário para festejar com os adeptos a conquista do Campeonato Nacional. É ponto assente que conhece o Pavilhão Victorino Cunha, pelo que venceu lá os dois primeiros jogos da prova nacional. Por isso, a equipa começa a preparar hoje o assalto ao rio seco, sendo que será um desafio impróprio para cardíacos.

No 1º de Agosto, Emmanuel Quezada foi o atleta que mais se evidenciou no jogo ofensivo a curta e longa distância. O extremo base fez 35 pontos, ajudando desta forma a sua equipa a chegar ao mais esperado triunfo. Nas bancadas, os adeptos do cinco militar já não acreditavam, mas os atletas souberam tirar partido da ineficácia do Petro. Ainda assim, Carlos Morais foi dos mais regulares na formação do eixo viário. Com vários dribles passava pelos adversários e marcava. Olímpio Cipriano também foi decisivo sobretudo do primeiro ao terceiro quarto, mas o número de faltas levaram-no mais cedo para o banco.

error: Content is protected !!