Militares querem repetir o triunfo

Após frustrar a festa do Petro de luanda no quarto jogo do unitel Basket no play-off, nesta Segunda-feira, o 1º de agosto procura vencer hoje o rival de longa data para prolongar a final até ao próximo domingo

O 1º de Agosto recebe hoje o Petro de Luanda no Pavilhão Victorino Cunha, em partida referente ao quinto embate da final dos play-off do Unitel-basket, amelhor de sete jogos, às 18:00. Depois de vencer o Petro de Luanda na Segunda-feira por 73-70, o 1º de Agosto quer fazer o mesmo, desta vez no seu reduto. Por esta razão, ontem, o treinador Paulo Macedo corrigiu os erros do passado para entrar com a máxima força esta noite. Aliás, decidir na última jornada é o objectivo da formação com mais conquistas nesta prova, dezanove.

Mas, respeitam o rival de longa data, uma vez que venceu os dois primeiros jogos no reduto do adversário. No primeiro embate, os tricolores vergaram os militares por 89-84, ao passo que o segundo ficou registado em 77-65. Mas é ponto assente que a pressão reside nas hostes do cinco do rio seco, pois, se escaparem desta perdem o título, neste momento perdem por 3-1. As exibições do extremo Emmanuel Quezada foram regulares, sendo que foi o melhor marcador da partida.

O atleta da formação militar fez 35 pontos, numa partida em que os seus colegas tiveram algumas dificuldades para fazer o seu jogo.No Petro de Luanda, o extremo Carlos Morais foi o jogador que mais se evidenciou. Com os seus dribles marcou e deu a marcar. Olímpio Ciprinao não ficou atrás, mas a sexta-falta mandou-o mais cedo para o banco, onde assistiu à derrota nos minutos finais. Esta noite será derradeira para os tricolores, pois vão entrar para o campo olhando para o troféu, no entanto nas bancadas estarão os adeptos a cobrar o título. Vai ser um jogo impróprio para cardíacos, por isso a capacidade individual dos atletas também vai jogar na ponta final.